Férias e criançada em casa: invista na impermeabilização de seu sofá
janeiro 8, 2019
Poltronas: escolha o modelo certo para diferentes cômodos da casa
janeiro 17, 2019
Voltar

Dicas para economizar no quarto do bebê

Com pequenas mudanças e escolhas acertadas, é possível conseguir um quarto fofo sem gastar muito

A notícia da chegada de um bebê na família sempre é recepcionada com muita alegria e animação. Afinal, é uma aventura totalmente nova e cheia de emoções tanto para os pais quanto para avós e tios. No entanto, esta nova etapa da vida também acarreta um ponto muito importante: mais gastos no orçamento familiar. Não só na hora de montar o enxoval ou fazer o estoque de fraldas, montar o quarto do bebê exige também um certo investimento. Porém, seguindo alguns passos, é possível fazer um cantinho fofo e aconchegante sem gastar muito.

Uma das alternativas é escolher móveis que possuam duas funções, como por exemplo berços que viram minicamas ou cômodas com trocador em cima, tornando-se uma boa saída para economizar a curto e longo prazo. Um outro passo é optar por peças em tons neutros. Móveis brancos, off-white, carvalho, mogno, entre outros tons de madeira são mais versáteis e facilitarão na hora de fazer a venda das peças em brechós e grupos de maternidade.

Na hora da decoração do quarto, tente resistir aos papéis de parede infantis e prefira cores lisas e pequenos itens de decor, como quadrinhos, nichos com bichos de pelúcia ou adesivos mais localizados. Além do alto investimento com aplicação de papel de parede, lembre-se que o seu pequeno vai crescer e não ficará muito satisfeito com uma parede cheia de ovelhinhas fofas.

Ainda seguindo essa linha, a palavra é dinâmica. Um quarto que possa ser facilmente modificado será mais econômico. E se a coisa estiver feia mesmo – no extrato da conta -, deixe o guarda-roupa, que é mais caro, para mais tarde e adquira uma cômoda. Ela consegue acomodar todas as pequenas roupas do bebê, economiza espaço e custa menos.

Segurança não tem preço

Mesmo que o orçamento esteja apertado, nunca caia na tentação de comprar móveis sem procedência ou de qualidade duvidosa. Certifique-se de que eles sejam ergométricos e anatômicos (imagina só adquirir uma hérnia de disco pra vida toda por causa da qualidade da poltrona de amamentação), de que a tintura não seja tóxica e não saia em contato com a boca e procure sempre proteger todas as quinas dos móveis.

Para quem procura uma poltrona da mamãe com preço justo, anatomia perfeita e o conforto necessário para passar horas naquele momento único da amamentação, a Santa Paula está prontíssima para te atender. Converse com um dos nossos atendentes ou venha nos visitar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 − 4 =